1ª Era: A Era do Ar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1ª Era: A Era do Ar

Mensagem por Admin em Dom Set 22, 2013 8:15 pm

Os anos se seguiram e com eles os humanos começaram a criar suas cidades, cada ano que se passava eles se uniam mais em determinados pontos. Em pouco tempo essas cidades se tornaram estados, depois um grande reino se formou, dominando desde a costa leste até quase o centro. O reino de Chie no Tochi é o primeiro a ser fundado. Sob o comando do Grande Imperador Dragão estavam os povos humanos de grande parte do centro indo direto até o Mar Era Taiga. 
Parte do centro e todo o oeste, exceto pelas minas de Minoria, eram terra selvagens onde alguns poucos humanos montavam feudos e pequenos reinados. Mas os grandes dominantes dessa parte eram os povos bárbaros. Senhores selvagens que endeusavam animais e criaturas místicas, viviam no seio da floresta e sobreviviam como grandes caçadores e predadores. O Grande Reino élfico também se encontrava nessas terras centrais, e a cidade élfica de Aldamir ficava bem no coração desse polo. 
Ao sul no deserto, os seres humanoides existentes, formaram cidades para se protegerem das tempestades de areia que assolava o território esporadicamente, foi em meio a esse tempo que nasceu o Faraó Ankhma Aydınruh, se juntou os beduínos e as cidades sobre seu controle e fundou o primeiro templo dedicado ao Deus dos Mortos, Prometheus. É contado pelas lendas que Ankhma, muito devoto de Prometheus, foi quem iniciou as construções dos grandes mausoléus de Aydinruh, onde até hoje são colocados os corpos dos faraós mumificados. Ele também fundou o reino de Çölün Eglence ao sul.
No norte, o povo de um cidade costeira, começa a navegar pelo Mar Salzigeis em direção ao norte, buscando novas terras, encontra assim um novo povo de cabelos dourados e bárbaros, conquistadores por natureza porem dispersos. O primeiro encontro com eles não se mostrou amistoso e pouco tempo depois a cidade foi destruída quando invadida por esse mesmo povo. 
Ao mesmo tempo, um feudo, próximo de onde hoje seria o feudo Vorax, tem em seu líder um homem misterioso. Passando mais tempo nas encostas das montanhas do que nas suas terras, vivendo mais com os drows do que com o seu povo, Toodenaar era um exímio estudante as artes mágicas. Sendo um 
abençoado pela capacidade inata de conjuração, Toodenaar resolveu difundir um novo jeito de se fazer magia. Nessa época que surgi a escola arcana de Toodenaar. A única de todas as terras conhecidas, até os dias de hoje. Desde essa época, ela sempre se mostrou muito ligada aos preceitos drows de dominação e, acreditasse, que Toodenaar deu seu feudo a Senhora Vorax na época para aprender um pouco da arte da magia do vácuo, uma linha mágica que desapareceu a muito tempo, tendo seu ultimo grande mestre o próprio Toodenaar, que não a passou a ninguém. Hoje acreditasse que Toodenaar não mais vive e que a magia arcana que ele um dia aprendeu com os drows, hoje na escola voltou ao controle deles. Porem como isso não passa de especulação, pois nada se sabe sobre a escola efetivamente, pode ser até que o mesmo ainda se encontre vivo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 467
Data de inscrição : 02/06/2013

Ver perfil do usuário http://batalha.rpgwars.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum