Barest e seus Feudos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barest e seus Feudos

Mensagem por Admin em Dom Set 22, 2013 9:39 pm

Língua: Barestsh Raças: Barestianos, Elfos e Halfings
O Reino de Barest fica exatamente no centro do continente, e é com certeza o maior dos 5 reinos. Dividido em feudos, comandados pelo Rei Armis IV, Barest é prospero e forte. A cidade Capital de Durelan tem muros fortes e um castelo magnífico de mais de 10 andares. O Rei Armis é um homem justo e um antigo guerreiro renomado, estando sempre a frente do campo de batalha quando necessário. Sua cavalaria é forte e temida, e seus homens amam o seu reino mais do que todo. A igreja de Solar toma conta de praticamente todo o reino, muitas vezes forçando e sobrepujando as demais. O clero tem grande influencia nas decisões do rei, e muitos ainda carregam títulos de barões e nobres. A etnia do reino é da mais variada, devido ao seu contado com todos os outros reinos e um tratado q perdurou por muito tempo de fronteiras abertas, no reino de Barest você pode ver descendentes de todos os outros reinos. Na Família real, ainda pode ser visto a etnia original do reino, de homens de cabelos loiros escuros e pele clara, porem, devido a um acordo de casamento entre o Rei Lian I e o Faraó Ēnas Nakts, o Rei Armis IV já nasceu com descendência das duas culturas.
O reino de Barest é dividido em 12 feudos, cada um com funções especifica e leis únicas. A 
divisão foi feita há muitos séculos atrás e o controle é feito de forma hereditária. 
As doze Casas são:

Casa Barristan


A casa Barristan é responsável pela maior parte da fronteira oeste, Seu líder atual é Maison Barristan, irmão mais novo do rei Gregor Barristan, um líder forte e grande combatente, estrategista de guerra. A historia de sua casa se confunde com a do próprio reino, devido há séculos atrás haver um parentesco entre os Barristan e a família real. 
O feudo possui quatro grandes cidades e a capital do feudo, a própria cidade de Barristan é uma das maiores de todo o reino. Tendo o feudo quase inteiro em território de planalto e com muitas áreas banhadas pelos rios da Montanha, das Furias e dos Tombos, é uma área de grandes quedas d'agua e violentas corredeiras. A parte da planície sul tem começo na área do deserto e é muito seca, mesmo com as quedas d'agua. 
Devido a cidade capital estar localizada ao sul é comum suas construções serem feitas de pedra e barro, por causa da região mais seca, existem lá uma temperatura muito variável, de grande calor durante o dia e frio cortante durante a noite. O grande marco da arquitetura nessa região é a Fortaleza de Eltz, um grande castelo em um morro da região só acessível por uma ponte e ligada a outro morro onde existe uma gigantesca fortaleza. a cidade em si, fica na base desses dois morros.
O feudo possui boa relação com os outros feudos da fronteira, tanto o de Vorax, ao norte, quanto ao de Torrendal, ao sul. Sua relação com os povos bárbaros é instável e no passado foi responsável pela tomada de terra do território do clã bárbaro Sealgairí Onóra (Caçadores Honrados), um clã devotado ao totem do leão, símbolo de honra e liderança. Com o fim da guerra com os bárbaros mudaram sua postura pra uma mais pacifica em relação os moradores das terras selvagens.
O símbolo da casa é o touro branco, um animal forte e solitário, cujas lendas dizem que pastou por toda a região do Planalto dos Tombos e que dos seus chifres surgiram os Picos das Nuvens, montanhas q fazem parte da cordilheira de Ferro Puro, ao norte do continente.

Casa Torrendal


É responsável por parte da fronteira sul do reino. Seu líder atual é Sir Alter Torrendal, A Cruz do Povo, é um homem carismático e fiel a Solaris, grande sábio e um cavaleiro sem igual. É a casa que mais gera paladinos para a igreja de Solaris, o próprio Sir Alter é um deles, sendo também um dos mais condecorados pela igreja.
O símbolo da casa é a Cruz dos Homens, um símbolo de representação da união entre os homens e os deuses. É comum que os homens da Casa ao morrerem sejam colocados embaixo de cruzes para simbolizar a passagem dos homens aos deuses. Diferente de outras Casas, os Torrendal contam com representantes diretos da Igreja de Solaris em sua fortaleza, onde eles passam os ensinamentos aos herdeiros dos Torrendal, e guiam eles através dos caminhos para se tornarem novos paladinos.


Casa Jezdek

Responsável pelo porto norte do reino, a casa é liderada por Sir Fiz Jezdek, O Presa do Caranguejo, é um homem imponente e altivo, com um forte senso de justiça. A Casa dos Jezdek tem uma forte imposição na região norte, ativamente lutando contra os piratas ou tentativas de ataque por parte das ilhas bárbaras, como assim chamam. Possui controle sobre a maior frota de navios do reino, sendo comandada pela Nau-Capitania “Garra Sanguinária”, um dos principais navios a manter o norte protegido, navio este que sempre foi comandado por um dos Jezdek.
A Casa Jezdek tem como símbolo o Caranguejo, animal que é conhecido por sobreviver tanto em terra quanto no mar e pela sua fácil adaptabilidade, sendo um dos poucos animais q se movem para todas as direções. O Caranguejo ainda possui o casco duro como pedra, dizem até que devido a esse fator Sir Fiz se tornou o homem rígido e duro que ele é.

Casa Kavuch

Dizem as Lendas que no passado, criaturas gigantescas andavam o mundo atacando outras criaturas aleatoriamente. Uns diziam que descendiam dos dragões, outros que eram bestas infernais, mas ninguém ao certo sabia qual a razão de estarem em lá. Um homem, cujo nome se perdeu no tempo, passou a caçar as criaturas e livrar o reino de seus ataques. A lenda também diz que este homem empilhou os corpos e os enterrou em um lugar a leste de Barrest, onde hoje está a fortaleza da Família Kavuch, liderada por Sir Rohor Kavuch, O Kavu Alpha e Protetor do Leste. Dizem que Sir Rohor guarda nos andares mais profundos de sua fortaleza, os esqueletos dos terríveis Kavus, e que sua família tem a ferocidade deles no sangue.
O símbolo da casa é o próprio Kavu, uma criatura bestial com 3 chifres de força imensa e voracidade maior ainda. A séculos atrás eram os maiores predadores das terras e sem duvidas os mais sanguinolentos, era comum que corpo fossem encontrados partido em pedaços e sempre faltando o coração, principal item da dieta dos Kavus.

Casa Rowe


Dizem pelo reino, que o código dos cavaleiros, utilizado pelo Rei nas nomeações até hoje, foi escrito pela casa Rowe. Um dos fatos constatados no reino, é que de toda a cavalaria, 90% ou foi treinada, ou pertence as fileiras dos Rowe. Esta família, hoje liderada por Sir Jaime Rowe, um dos mais conhecidos cavaleiros do Reino, tem amplo respaldo da sociedade por seu rígido código de Honra e Conduta, Doutrinas que muitos antigas em relação a tais assuntos e acima de tudo, um monstruoso domínio na arte do combate montado. Sendo responsável por praticamente toda parte da cavalaria do Reino, os Rowe possuem estábulos militares por todo o reino, onde mesmo pessoas comuns, aprendem ao menos como cuidar dos animais dos soldados.  A Fortaleza PaardHall, o centro do poder dos Rowe, é conhecido por também por possuir um dos maiores jardins para treinamento de cavaleiros em todo o reino. O próprio Carisma de Jaime, talvez seja o que atrai tantos jovens com o desejo de se unir a cavalaria.
O símbolo da casa é A Alma de Felar, diz a lenda que Felar a criatura que deu origem a todos os cavalos do mundo, esse quadrúpede podia alcançar velocidades inimagináveis e poderia correr por dias sem nem mesmo parar pra se alimentar ou beber água. É dito que o primeiro da casa Rowe foi quem o domou e disso ele inventou os preceitos e tudo conhecimento q o mundo tem sobre a cavalaria e a montaria

Casa Vorax


A Casa Vorax é com certeza uma das mais complexas do reino de Barest. Seu líder é a elfa negra Lady Kaellara Vorax, A Dama Negra, uma mulher misteriosa e cheia de ganância, que devota a sua vida a medo e temor. As pessoas do feudo temem Lady Kaellara como moscas temem as aranhas quando estão em suas teias. Ficando na parte norte, na encosta da montanha, aos pés dos Picos das Nuvens, o feudo parece estar sempre nublado e a casa de Lady por fica na encosta da montanha nunca vê a luz do sol, em nenhum horário do dia. Tendo o maior numero de escravos de todos os feudos, a Casa Vorax tem os mais diversificados tipos de raças, porem a burguesia Drow é com certeza dominante.
O símbolo da casa é a Teia da Vorax, na mitologia a aranha Vorax é quem tece a teia de toda a história e também é ela que é responsável por devorar a todos quando o fim chegar. Poucos acreditam ferozmente nessa historia, porem nas terras do feudo isso é tratado como um fato e alguns dizem a própria Lady Kaellara sabe o momento exato do fim de tudo.

Casa Aldamir


A Pureza do Sangue dos Aldamir é algo que não se pode ser contestado. Mantendo a casa já a mais de séculos, Heri Aayla Aldamir sempre repreendeu a todos os elfos que se relacionassem com humanos ou seres de outras raças. Para ela, os Aldamir devem representar o mais alto nível dos Elfos, sem prejudicar a linhagem secular que a comanda. Os Aldamir residem na Floresta das Eras, próximo a capital do Reino. O seu Castelo, Telperion Oiale ou simplesmente Telperion, é um castelo construído sobre e dentro de uma gigantesca árvore ao centro da própria floresta. Dizem as lendas, que os Aldamir possuem contatos com Ents e fadas, mas isso até hoje se provou apenas um boato. Não se sabe muito sobre o que ocorre atrás das muralhas desta família, o que se sabe é sua ligação ao arcano, e seus formidáveis arqueiros, nunca sozinhos mas sempre orgulhosos.
A casa tem como símbolo é a Folha do Outono, dizem que a primeira folha que cai no outono indica a renovação da vida, o recomeço de uma nova era e foi escolhido como símbolo da casa quando houve a aliança entre humanos e elfos no continente central, mostrando um novo começo para as relações de guerra antes existentes.

Casa Ikarus


Desde os primórdios do Reino de Barrest, a Casa Ikarus é a casa mais ligada a religião a Solaris de todas as 12 casas, sendo também a que mais forneceu Clérigos a grande Igreja. Há quem diga, que a casa em si é apenas uma subdivisão da Igreja para se unir mais aos nobres com uma abordagem diferente. A casa hoje é liderada pelo Lord Yilleas Ikarus, um dos clérigos mais fervorosos de Solaris, que lidera suas tropas do “Palácio de Cristal”, uma das construções mais incríveis de toda Barest. O centro de sua fortaleza, mais especificamente a parte da “igreja” é feita quase completamente em cristal, permitindo a entrada da luz em todos os cantos, sem deixar nem mesmo 1 sombra. Lord Yilleas disse que isso é apenas uma representação de que sua casa, não deixa espaços para segredos, pois tudo é revelado pelos olhos de Solaris.
O símbolo de Solaris também é o símbolo da casa, deixando evidente a ligação dela com o deus do Sol e patrono do reino, sabe-se que isso é usado como forma de manipulação pela casa e também maneira de angariar mais influencia sobre o rei.


Casa Mittel


A Casa Mittel, também conhecida como a mais rica das casas, hoje liderada por Lady Sivir Mittel,  é uma das casas mais conhecidas, não somente no reino de Barrest como no Continente inteiro, além de possuírem táticas agressivas de comércio, sempre tentando vender por mais e comprar por menos. Dentro do Reinado, é conhecido que a Fortaleza Dourada, além de refúgio dos Mittel, é também a casa da Guilda dos Mercadores de Barrest, que também é comandada por eles a décadas, e da qual a família gerou sua gigantesca riqueza. Dizem por ai, que se Lady Sivir desejar ir a guerra para defender seus negócios, ela é capaz de juntar um exército de mercenários em menos de 1 dia.
O Coração de Ouro símbolo da casa é muita vezes confundido com um coração de aço devido a frieza da casa perante a assuntos de comercio e negócios, mas não se engane, Lady Sivir é uma mulher de emotiva e por muitas vezes deixou ir pela intuição e paixão em suas escolhas.

Casa Münnin


Os membros da Casa Münnin são conhecidos de longa data pela alcunha de “Pombos da Desgraça” devido a capacidade de estar sempre próximo quando algo de ruim ira acontecer. Diz à lenda que Sir Alek Münnin pode realmente ver o futuro, porém nunca a tempo de impedir que algo de ruim aconteça. Dizem que essa habilidade dele é na verdade um maldição imposta por uma velha bruxa que morava no pântano próximo a cidade de Münnin e que depois do desaparecimento de algumas crianças foi caçada pelo próprio Sir Alek. Antigamente a casa possuía uma grande variedade de espiões, porem nos dias de hoje não se sabe se eles ainda existem, afinal a presença de um membro da casa esta sempre relacionada a algum evento desastroso e isso acabaria com o disfarce.
O símbolo da casa são os Corvos da Tempestade, criaturas que tem a habilidade inata de ver alem das fronteiras e podem praticamente prever o futuro.

Casa Cowell


Desde os primórdios de Barest, os Cowell reinam junto aos outros 11 nobres o grande território. O que se sabe hoje, é que o poder dos Cowell é tão antigo, que sua casa reside na própria capital, mais especificamente no Gigantesco Palácio das Eras, uma fortaleza ancestral cuja construção é talvez a mais chamativa de todo o Reino. Os Cowell, atualmente liderados pelo Rei Armis II, O Destemido, sempre forneceram ao reino grandes guerreiros, exploradores, generais, mas acima de tudo, líderes. Sempre houveram aqueles como Darien I, que preferiam liderar um exército, até mesmo a Azerath I, que preferia a terra política. Os Cowell contam com uma das tropas de elite mais poderosas de todo o Reino, os Espadas Brancas, a tropa pessoal do Rei e também a guarda exclusiva da Casa Cowell.
A casa do rei é simbolizado pelo Calice de Prata, símbolo de pureza e união, qualidades necessários para qualquer liderança. Quando qualquer acordo é firmado ele sempre termia com uma taça de cálice cheia de vinho bebida por todas as partes pra demonstrar confiança e união entre a casa e o novo aliado.


Casa Fallach


A Casa da Rosa Negra é sem duvida a mais misteriosa das casas, tendo em sua historia a morte de 4 senhores feitas por assassinos, os lideres a tempos não são decididos pela hereditariedade e sim por um conselho de nobres do reino. O atual líder Lord Sismo Volirel, O Mais Afiado que a Espada,  é um elfo descendente da casa Aldamir. Ele é de longe de todos os lideres o pior combatente, mas é também de longe aquele com a língua mais afiada. Ele consegue chamar a atenção em meio a qualquer situação e, pior, é possível q ele a reverta a seu favor. Um homem de muitos amigos e mais ainda inimigos, é controlador da maior quantidade de terra do reino e também da terra mais fértil, por isso todos recorrem a ele quando precisam de qualquer coisa, e eles sempre precisam de algo.
O símbolo da casa é a Rosa Negra, que demonstra tanto a delicadeza dos tratos da casa, quanto a natureza sombria dos seus antigos lideres.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 467
Data de inscrição : 02/06/2013

Ver perfil do usuário http://batalha.rpgwars.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum